Os impactos da fé durante o tratamento de doenças

Especialista comenta como a espiritualidade interfere de forma positiva nos pacientes

Segundo uma pesquisa realizada pela National Library Of Medicine (NIH), a espiritualidade pode ajudar as pessoas na diminuição de conflitos psicológicos, principalmente entre os homens. Quando o assunto é o Câncer de Próstata, que corresponde a 13,5% total de todos os cânceres do mundo segundo da Organização Mundial da Saúde (OMG), o sexo masculino é o que mais desencadeia sentimentos que impactam de forma negativa o tratamento, como ansiedade e depressão.

E isto tem uma razão científica: o conflito psicológico. Conforme a pesquisa do NIH, alguns pacientes lamentam a escolha e o processo do tratamento. Tal fato está associado à menor qualidade de vida física e mental.

Além da ansiedade e depressão, cerca de 25% dos pacientes tendem a ter taquicardia, falta de ar, aperto no peito, sensação de desemparo ou até mesmo quadros depressivos como tristeza, perda de energia e perda de prazer. “Mesmo que a pessoa saiba que existem tratamentos eficazes, estes sentimentos podem atrapalhar durante o tratamento oncológico”, explica o médico psiquiatra, Dr. Ismael Sobrinho.

Como forma de apoio, a espiritualidade é um grande aliado nestes momentos. “Vários estudos mostram que a fé se torna um mecanismo de ajuda e socorro para estes pacientes. De fato, a espiritualidade nos mostra que Deus tem o controle sobre nossas vidas, a Bíblia nos diz que não há nada ou nenhum sentimento que esteja fora do alcance dele. Desta forma, a fé nos faz olhar os recursos não apenas espirituais, mas também físicos, ou seja, a cirurgia, e os tratamentos físicos e emocionais”, ressalta o profissional.

Quando as pessoas estão diante de um diagnóstico de câncer, é importante entender que o corpo, a alma e o espírito devem ser tratados. A medicina, os recursos emocionais e a fé andam juntos para trazer melhores resultados.

Os devocionais diários, isto é, momentos de dedicação, de devoção ou de declarar o amor a Deus, também é uma prática recomendada, pois serve como forma de auxílio para as pessoas manterem uma rotina saudável.

“Pessoas que possuem espiritualidade durante o tratamento de alguma doença têm uma evolução melhor de bem-estar, respondem melhor ao tratamento e tem menos efeitos colaterais de quimioterapia e radioterapia. Ela serve como um mecanismo de proteção mental”, reforça Dr. Ismael.

Inscreva-se

Nossos colunistas

459 POSTS

Colunas

Cinco dicas para reter massa muscular durante a menopausa

A menopausa é um período marcado por mudanças hormonais...

Vida sexual na terceira idade ainda gera dúvidas nos homens

A chegada da terceira idade é uma fase repleta...

O que comer para ganhar massa muscular? Especialista esclarece!

Um plano alimentar balanceado, rico em proteínas, carboidratos e...

Artigos populares

Helô Pinheiro e Bruna Lombardi compartilham inspirações para viagens na maturidade

As musas da música e da teledramaturgia marcaram presença...

Empreendedorismo depois dos 60 

Fórum de Turismo 60+ trouxe empresários renomados do setor...

Escondidinho brasileiro é escolhido como o melhor prato assado do mundo

Eleito pela Tastealtas, a receita desbancou a famosa parmegiana...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui