Indicações dos procedimentos: implante dentário e coroa

A colocação de implantes dentários vai muito além da estética. Ela melhora a qualidade de vida do paciente, como a mastigação e a autoestima. Antes de optar pelo procedimento, é preciso entender que implante dentário e coroa são a mesma coisa. Cada um tem suas particularidades e indicações específicas. Adriano Medrado, CEO na Studio Art & Design, fala sobre os tratamentos.

“Implante Dentário: Um implante dentário é um substituto para a raiz do dente. É uma estrutura de metal, normalmente feita de titânio, que é colocada cirurgicamente no osso maxilar sob a gengiva. Uma vez instalado, o dentista pode montar dentes substitutos ou pontes sobre o implante. Os implantes dentários são opções de tratamento para pessoas que perderam um ou mais dentes devido a doença periodontal, uma lesão ou algum outro motivo”.

“Coroa Dentária: Uma coroa é um tipo de restauração dentária que cobre completamente ou “encapa” um dente danificado ou desgastado. Coroas são usadas para melhorar a aparência e a forma do dente, ou para reforçar um dente fraco ou danificado. Elas podem ser feitas de uma variedade de materiais, incluindo cerâmica, resina ou metal”,

Adriano diz que um implante é usado quando o dente inteiro, inclusive a raiz, precisa ser substituído. “Uma coroa é usada quando o dente existente está danificado, mas a raiz ainda está intacta. Em alguns casos, uma coroa pode ser usada em conjunto com um implante para substituir a parte visível do dente após a instalação do implante”, completa.

Um implante dentário é uma estrutura de metal, geralmente de titânio, que é inserida cirurgicamente no osso da mandíbula ou do maxilar para substituir a raiz de um dente perdido, de acordo com Medrado. “Uma vez que o osso tenha se integrado ao implante, o dentista pode fazer uma moldagem de transferência ou um escaneamento do implante e enviar ao laboratório de prótese para que seja feito um dente ou uma ponte para fixar um dente de substituição ou uma ponte no implante. Os implantes dentários são opções de tratamento para pessoas que perderam um ou mais dentes devido à doença periodontal, a um acidente ou a outras razões”.

Adriano lista os implantes dentários mais comuns.

“Implantes Endosteais: São os tipos mais comumente usados. Eles são inseridos diretamente no osso da mandíbula e cada implante suporta um ou mais dentes próteses. Geralmente é usado como uma alternativa para pacientes com pontes ou dentaduras removíveis”.

“Implantes Subperiostais: Estes são colocados acima do osso da mandíbula, mas sob a gengiva. Eles são usados principalmente em pacientes que não têm osso adequado na mandíbula e não podem ou não querem usar dentaduras convencionais”.

Os implantes dentários podem ser usados em uma variedade de situações. O especialista fala sobre algumas:

Substituição de um único dente: “Neste caso, um único implante e uma coroa substituem o dente perdido”.

– Substituição de vários dentes: “Quando você tem vários dentes perdidos, pontes implantadas podem ser usadas”.

– Substituição de todos os dentes: “Se você perdeu todos os seus dentes, uma dentadura completa pode ser implantada”.

A decisão de usar implantes dentários e o tipo de implante usado dependem de vários fatores, incluindo a saúde do paciente, a quantidade e a qualidade do osso da mandíbula, a localização dos dentes faltantes e o custo. Adriano destaca que ela deve ser tomada em conjunto com o seu dentista.

Coroas dentárias

O CEO da Studio Art & Design diz que coroas dentárias são uma forma de restauração dental que são usadas para cobrir um dente danificado ou desgastado. “Elas podem ser feitas de uma variedade de materiais, cada um com suas próprias vantagens e desvantagens”. Medrado elencou alguns dos tipos mais comuns de coroas dentárias:

Coroas de Porcelana: “Essas coroas são populares porque têm uma aparência natural, o que as torna uma boa escolha para os dentes da frente. A porcelana pode ser combinada com a cor natural dos seus dentes para que a coroa se misture com os dentes vizinhos”.

2. Coroas de Porcelana Fundida com Metal: “Essas coroas oferecem um bom compromisso entre a aparência e a durabilidade. Elas têm uma camada de metal por baixo da porcelana, o que as torna resistentes. No entanto, em alguns casos, o metal por baixo da coroa pode se tornar visível como uma linha escura na base da coroa”.

3. Coroas de Ouro: “As coroas de ouro são muito duráveis e resistentes ao desgaste. Elas são uma boa escolha para os dentes traseiros que não estão tão visíveis. No entanto, a cor dourada a destaca no meio dos outros dentes. Não é uma opção estética”.

4. Coroas de Zircônia: “As coroas de zircônia são feitas de um tipo de cerâmica que é muito forte e durável. Elas também têm uma aparência muito natural, o que as torna uma opção popular para muitos pacientes. A zircônia é um material biocompatível, o que significa que é seguro para usar na boca”.

5. Coroas de Resina: “As coroas de resina são geralmente a opção mais acessível, mas também são mais propensas a fraturas e desgaste ao longo do tempo em comparação com outros tipos de coroas”.

A escolha do tipo de coroa depende do dente que está sendo tratado, da preferência pessoal do paciente, do custo e da indicação do dentista juntamente com o laboratório de prótese para obter o melhor resultado.

Após ter um implante dentário ou uma coroa instalada, existem vários cuidados que você deve tomar para garantir a saúde e a longevidade do seu novo dente. Adriano listou alguns deles:

Cuidados Após a Instalação de uma Coroa Dentária:

Higiene oral adequada: “Você deve continuar a escovar e usar o fio dental regularmente para manter a área ao redor da coroa limpa e livre de placa bacteriana”.

Utilizar placa noturna para dormir: “Em casos onde o paciente apresenta “bruxismo”, que o hábito inconsciente de apertar os dentes enquanto dorme, é indicado o uso de uma placa de bruxismo ou mio-relaxante durante o sono”.

Visitas regulares ao dentista: “Visitas regulares ao dentista ajudarão a garantir que a coroa está em bom estado e funcionando como deveria”.

Cuidados Após a Instalação de um Implante Dentário:

Higiene oral adequada: “Assim como com as coroas, a escovação regular e o uso do fio dental são essenciais para manter a área ao redor do implante limpa”.

Não fumar: “Fumar pode retardar o processo de cura após a cirurgia de implante e aumentar o risco de complicações”.

Visitas regulares ao dentista: “O dentista pode monitorar o implante e os dentes adjacentes para garantir que estão saudáveis.”

O especialista frisa que cada pessoa é única e seu dentista pode fornecer orientações mais específicas com base em suas necessidades individuais. “É importante seguir todas as instruções dadas pelo seu dentista para garantir a melhor recuperação e o resultado mais bem-sucedido”.

A escolha de um laboratório de prótese dentária que utiliza tecnologia digital na confecção das próteses é extremamente importante para garantir a precisão, a eficiência e a qualidade dos resultados. “As tecnologias digitais, como a CAD/CAM (Computer-Aided Design/Computer-Aided Manufacturing), permitem a confecção de próteses com um ajuste superior e uma estética mais natural, comparadas às técnicas tradicionais”, comenta Adriano Medrado.

Além disso, segundo o especialista, a tecnologia digital permite a criação de modelos 3D precisos do dente do paciente, o que pode ajudar a reduzir o tempo de tratamento e aumentar o conforto do paciente. “Isso também pode resultar em próteses mais duráveis e de maior qualidade, que se adaptam melhor à boca do paciente e proporcionam uma aparência mais natural”.

 

Fonte: Studio Art & Design

Inscreva-se

Nossos colunistas

459 POSTS

Colunas

Cinco dicas para reter massa muscular durante a menopausa

A menopausa é um período marcado por mudanças hormonais...

Vida sexual na terceira idade ainda gera dúvidas nos homens

A chegada da terceira idade é uma fase repleta...

O que comer para ganhar massa muscular? Especialista esclarece!

Um plano alimentar balanceado, rico em proteínas, carboidratos e...

Artigos populares

Helô Pinheiro e Bruna Lombardi compartilham inspirações para viagens na maturidade

As musas da música e da teledramaturgia marcaram presença...

Empreendedorismo depois dos 60 

Fórum de Turismo 60+ trouxe empresários renomados do setor...

Escondidinho brasileiro é escolhido como o melhor prato assado do mundo

Eleito pela Tastealtas, a receita desbancou a famosa parmegiana...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui