Conheça o stopover: uma estratégia para conhecer vários destinos pagando só uma passagem

Quem já viajou para o exterior provavelmente já fez uma conexão ou escala. Paradas que podem levar minutos ou resultar em horas e horas em um saguão de aeroporto. O que pouca gente sabe é que existem companhias aéreas que permitem estender uma dessas paradas para conhecer um lugar a mais, antes do destino final, sem pagar nada mais por isso – o chamado stopover.

Foi o que fez o gerente administrativo Marcelo Luiz de Carvalho. Em 2019 ele comprou um pacote de viagens para Los Angeles com a família. Como havia uma conexão no Panamá, aproveitou duas noites na cidade. “Nessa parada consegui conhecer o Casco Antigo, que é a parte histórica e o famoso Canal do Panamá. Deu tempo para experimentar um pouco do que a cidade tem a oferecer”, conta.

Para Marcelo, o período de stopover foi suficiente, mas recomendaria para aqueles que gostam de imersões mais profundas ficar uns dias a mais, “já que existe esse benefício”, afirma.  Ele alerta o viajante para estudar todas as possibilidades de um roteiro, pois o stopover dá a chance de pensar em cidades e locais que não seriam a escolha mais óbvia, mas que ele garante: “podem surpreender”.

Por que fazer um stopover no Panamá

A parada no Panamá para “um passeio a mais” no roteiro do Marcelo não foi por acaso. Além de ser a sede da Copa Airlines, o Aeroporto Internacional de Tocumen é um dos principais centros de conexões das Américas e está “no meio do caminho” entre a América do Sul e do Norte. Não são raros os voos para os Estados Unidos, Caribe e Canadá fazerem uma paradinha por ali.

Além disso, a cidade de Panamá City oferece programas e atrativos que vão desde compras, passando pela gastronomia, culminando com o famoso Canal do Panamá. E para entrar no país, brasileiros não precisam de visto, “mas é bom conferir a carteira de vacinação, eles exigem a vacina da febre amarela”, alerta Marcelo.

Na capital do país, é possível encontrar polos gastronômicos imperdíveis: Casco Antiguo, San Francisco, Costa del Este e Cinta Costera são alguns deles. Os 3 primeiros trazem propostas modernas de comida internacional, cozinha de fusão e muito clima. A maioria das opções fica em Casco Antiguo, muito frequentado por sua vida noturna e seus telhados com vista para o horizonte da cidade.

E por fim, ele, o Canal do Panamá, que por si só já vale o stopover. O famoso marco da engenharia mundial liga as Américas e é um dos mais importantes elos comerciais do planeta. Um atalho que diminuiu em cerca de 17 mil km o trajeto marítimo entre as Américas do Sul e do Norte.

O grande atrativo do canal é sua magnitude em termos históricos e de engenharia. Como existe uma diferença de nível entre os oceanos Pacífico e Atlântico, os navios precisam passar por diversas comportas (ou eclusas) para atravessá-lo. Um trajeto que dura de 6 a 8 horas.

Pelo Canal do Panamá passam, por ano, 15 mil navios, o que corresponde a aproximadamente 4% do comércio mundial. Uma obra que começou em 1880, pelos franceses, e concluída pelos Estados Unidos em 1914.

Inscreva-se

Nossos colunistas

460 POSTS

Colunas

Conheça os benefícios científicos do “cafezinho”

O café é uma das bebidas mais consumidas em...

A importância do diagnóstico precoce para a insuficiência cardíaca

Feito por meio de avaliação clínica, o diagnóstico da...

Como alergias alimentares podem prejudicar sua saúde e como resolver

As alergias alimentares são uma preocupação crescente em todo...

Artigos populares

Enjoy Punta del Este Hotel recebe Enjoy Poker Tour 2024

Hotel organiza principal torneio de poker da América Latina...

Começa o Festival do Camarão de Caraguatatuba

Começa hoje o tradicional Festival do Camarão de Caraguatatuba,...

“Navio Roupa Nova 2025” terá Fábio Jr como convidado

Seguindo a tradição de realizar grandes festivais em alto...

Caldos e sopas: “conforto e imunidade em uma tigela”

"As sopas e caldos são ótimas opções para quem...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui