É possível dirigir em Portugal com a CNH brasileira?

Entenda o que diz a lei e como garantir a autorização para conduzir no país

Renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ao mudar-se para Portugal pode parecer um desafio complexo, mas com a informação certa e o apoio adequado, esse processo pode tornar-se mais simples e eficiente. Ao planejar a renovação no país, é importante compreender as regras e procedimentos específicos.

De acordo com Leônia Pinheiro, sócia diretora da CV Assessoria Internacional, empresa especializada em assessoria em imigração, nacionalidade e negócios internacionais, diferente de outros países da Europa, a CNH brasileira é válida em Portugal até o término de sua validade, proporcionando liberdade de condução. “Porém, após esse período, a transferência para o documento português é necessária, além de ser preciso contar com a orientação de uma assessoria especializada”, explica.
O processo de transferência da CNH brasileira para a portuguesa envolve etapas burocráticas específicas. Ter uma assessoria especializada faz toda a diferença, garantindo uma condução correta e eficiente do processo, economizando tempo e evitando contratempos.
O primeiro passo é validar os documentos, incluindo a CNH brasileira, junto às autoridades portuguesas. Em seguida, é preciso realizar um exame médico em centros autorizados, o que comprova a aptidão do condutor para dirigir em território português. Além disso, é fundamental entender as diferenças nas regras de trânsito e sinalização em Portugal.
“Até a validade da carteira, os brasileiros podem dirigir em Portugal com a CNH brasileira, categorias A e/ou B. Desde julho de 2022, devido a alterações nas leis portuguesas e acordos bilaterais, os cidadãos brasileiros podem conduzir veículos em Portugal utilizando o documento do país de origem”, conta a especialista. Para isso, é necessário atender a critérios como a validade do documento, idade entre 18 e 60 anos e categoria A e/ou B. Após o vencimento, inicia-se o processo de transferência para a CNH portuguesa.
A assessoria não apenas orienta sobre os critérios para a transferência, mas também oferece suporte em cada etapa do processo, desde a coleta e validação de documentos até o acompanhamento nas fases burocráticas. “O objetivo é garantir que o procedimento seja conduzido de forma tranquila, permitindo que os brasileiros desfrutem da experiência de dirigir em Portugal sem preocupações excessivas. Entretanto, para que ocorra o procedimento, é preciso residir no país e estar legalizada”, conclui.

Fonte: CV Assessoria Internacional

Inscreva-se

Nossos colunistas

456 POSTS

Colunas

Conheça dicas fáceis para uma rotina de hábitos mais saudáveis

Comece 2024 cuidando do seu bem-estar sem sair de...

Que tal começar o ano com hábitos saudáveis?

Dra. Mariela Silveira, diretora médica do Kurotel, fala sobre...

Descubra os poderes do Cranberry para saúde

Neste momento, uma imensa luta está se travando por...

Artigos populares

Jurema Águas Quentes terá atividades monitoradas durante a Páscoa

O destino contará com celebração da missa de Páscoa Jurema...

Bariloche prepara maior barra de chocolate do mundo para a Páscoa

A tradicional Festa Nacional do Chocolate será o principal...

Japan House São Paulo destaca atividades sobre o universo do chá japonês

Durante a segunda quinzena de fevereiro, a Japan House São...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui