Experiências ultrapersonalizadas devem orientar a hotelaria de luxo nas próximas décadas

A indústria hoteleira de luxo global está passando por uma transformação. De acordo com estudo da ILTM e Wealth-X, 0,3% da população mundial – que concentra patrimônio líquido superior a 1 milhão de dólares – é responsável por 36% do total de viagens e por 70% do turismo de luxo no mundo. Com a perspectiva do aumento crescente da riqueza desse grupo, esse segmento hoteleiro deve continuar a ser beneficiado. Estimativa é que os gastos globais com viagens de luxo chegarão a US$ 1,5 trilhão em 2024, o maior de todos os tempos. A análise faz parte do relatório “The Evolution of Global
Luxury Hospitality”, desenvolvido pela JLL. 

Essa movimentação também pode ser vista a partir do aumento da oferta de quartos da categoria. De acordo com o levantamento, hoje existem 1,5 milhão de unidades hoteleiras à disposição dos turistas endinheirados. Em 10 anos, deve chegar a 1,7 milhão e representar 7,6% da oferta hoteleira total. Nesse cenário, a China merece destaque. Até o final de 2033, o país concentrará 42% dos quartos de luxo em todo o mundo.

O relatório da JLL aponta que alguns destinos têm se beneficiado particularmente do crescimento do turismo de luxo:

Costa Rica – as belezas naturais do país da América Central, combinando florestas tropicais e praias de cartão postal, sempre foram um atrativo para viajantes que valorizam o ecoturismo. A receita do turismo na região cresceu 143% nos últimos 15 anos, uma das maiores taxas do mundo. “Esse resultado se deve ao comprometimento do mercado costarriquenho com o turismo sustentável e socialmente responsável”, avalia Mader.

Madri – a capital espanhola, um dos destinos mais tradicionais da Europa, terá mais de 2.700 quartos de luxo até o final de 2023, 50,8% acima do que nos últimos 10 anos. O eixo entre o bairro Sol e a Gran Via tem concentrado parte destes projetos, realizados por grandes redes hoteleiras. A iniciativa faz parte do plano de transformar a região, tornando-a mais nobre.

Maldivas – os 26 atóis que compõem as Maldivas talvez sejam o maior símbolo do turismo de luxo no mundo. 35,9% da oferta hoteleira da região é destinada ao segmento de altíssimo padrão, registrando a maior diária média global: U$ 2.227.

Inscreva-se

Nossos colunistas

456 POSTS

Colunas

Conheça dicas fáceis para uma rotina de hábitos mais saudáveis

Comece 2024 cuidando do seu bem-estar sem sair de...

Que tal começar o ano com hábitos saudáveis?

Dra. Mariela Silveira, diretora médica do Kurotel, fala sobre...

Descubra os poderes do Cranberry para saúde

Neste momento, uma imensa luta está se travando por...

Artigos populares

Jurema Águas Quentes terá atividades monitoradas durante a Páscoa

O destino contará com celebração da missa de Páscoa Jurema...

Bariloche prepara maior barra de chocolate do mundo para a Páscoa

A tradicional Festa Nacional do Chocolate será o principal...

Japan House São Paulo destaca atividades sobre o universo do chá japonês

Durante a segunda quinzena de fevereiro, a Japan House São...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui