SUPERA realiza evento gratuito com especialistas sobre a Doença de Alzheimer

A 5ª edição do “Despertando a sociedade para a saúde do cérebro”, um dos maiores eventos voltados ao envelhecimento no país acontece no dia 16 de setembro, das 8h às 13h, no Teatro Gazeta, em São Paulo (SP), com transmissão online para todo o Brasil.

O evento, uma iniciativa da rede SUPERA – Ginástica para o Cérebro em parceria com a Associação Brasileira de Gerontologia (ABG), é aberto ao público e a participação é gratuita, mediante inscrição pela internet AQUI

Com isso, o SUPERA soma forças com alguns dos maiores especialistas do Brasil em envelhecimento no mês de conscientização à Doença de Alzheimer, data lembrada mundialmente como forma de chamar a atenção da sociedade para uma doença que ainda não tem cura.

A programação contará com quatro painéis, protagonizados por especialistas da USP (Universidade de São Paulo), que irão compartilhar seus conhecimentos com temas como “Meu pai/minha mãe recebeu o diagnóstico de Doença de Alzheimer, e agora?”, avanço dos tratamentos, fatores de proteção e outros.

“A 5ª edição celebra a maturidade e reitera a autoridade do SUPERA, que está ao lado da Associação Brasileira de Gerontologia e acompanha as pesquisas neste segmento reforçando aquilo que a ciência afirma categoricamente: quando pensamos em Doença de Alzheimer, o mais importante é a prevenção”, lembrou o organizador do evento, Luiz Moraes.

Neste ano os participantes do evento também contarão com certificado de participação para o evento nas modalidades presencial e online.

O que é a Doença de Alzheimer?

A Doença de Alzheimer (DA) é uma doença neurodegenerativa crônica e progressiva que afeta o desempenho da memória, assim como de outras funções mentais importantes para a sobrevivência do indivíduo. A doença não tem cura e apresenta forte apelo genético.

A Profª Dra. Thais Bento Lima, parceira científica do SUPERA e organizadora do evento, reforça que, no caso de demências como a Doença de Alzheimer, o fator genético pode ser usado a favor do paciente.

“Uma vez que a pessoa sabe que tem uma pré-disposição genética para a Doença de Alzheimer, há muito a ser feito, sobretudo em mudança de estilo de vida e favorecimento de condições que criem a chamada reserva cognitiva que vai proteger o cérebro no futuro”, lembrou.

Demências no Brasil

Tramita na Câmara do Deputados o Projeto de Lei 4364/20, do Senado, que institui a Política Nacional de Enfrentamento à Doença de Alzheimer e Outras Demências, com a participação de instituições de pesquisa, comunidade acadêmica e científica e sociedade civil. “Para que a saúde pública nacional consiga lidar com o inevitável e grande aumento da demanda por atenção aos casos de demência, a existência de uma política específica, que é o objeto da proposição principal, é indispensável”, afirmou o relator no colegiado, o deputado Zé Vitor (PL-MG).

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Em 2021, o Senado aprovou a criação da Política Nacional de Enfrentamento ao Alzheimer e outras demências. O objetivo (PL 4364/2020) é organizar uma rede de atenção à saúde mental de idosos, além de promover o diagnóstico e o tratamento nos estágios iniciais da doença.

Na época, o autor da medida, senador Paulo Paim (PT-RS), lembrou que com o envelhecimento da população, a expectativa é que o número de pessoas com doenças cognitivas cresça nos próximos anos, o que vai aumentar a demanda por assistência especializada.

“Não temos uma droga nem qualquer medicamento capaz de reverter a Doença de Alzheimer e por isso falar de prevenção é fundamental. O SUPERA, líder em ginástica para o cérebro no Brasil, mais uma vez abre portas em São Paulo para a população em geral acompanhar ao vivo o que há de novo nas discussões sobre demências, em especial, a Doença de Alzheimer”, conclui Moraes.

Confira a programação do evento:

8h – Abertura e acolhimento

·        Apresentação artística

9h10 – Painel 1

Meu pai/minha mãe recebeu o diagnóstico de Doença de Alzheimer, e agora?

Dra. Jerusa Smid (HC-FMUSP)

Doença de Alzheimer e outras demências? Avanços dos tratamentos?

Dra. Sonia Brucki (HC-FMUSP)

10h20 – Painel 2

Desafios de políticas públicas em demências – Plano Nacional Demência

Dra. Celene Queiroz Pinheiro (Abraz-SP) Dr. Leandro Minozzo (Geriatra- Feevale)

11h10 – Painel 3

A estimulação cognitiva fator de proteção contra declínio cognitivo.

Profa. Mônica Yassuda (EACH-USP)

Resultados de pesquisa de treino cognitivo.

Profa. Thais Bento Lima (HC-FMUSP e EACH- USP)

Sono Fator de Proteção e Qualidade de Vida

Profa. Eva Betine (HC-FMUSP e EACH- USP)

12h10 – Painel 4

Demências: Fatores de Proteção

Profa. Dra. Cláudia Kimie Suemoto (HC- FMUSP)

Cuidados e Cuidadores

Profa. Thais Bento Lima (HC-FMUSP e EACH-USP)

Alzheimer: Amor e Acolhimento

Beth Goulart (Atriz) Silvia Haidar (Repórter Folha S. Paulo)

Serviço – Despertando a sociedade para a Saúde do cérebro – 5ª edição

Quando: 16 de setembro de 2023

Onde: Teatro Gazeta – Avenida Paulista, 900 – Bela Vista – São Paulo

Horário: Das 8h às 13h 

Inscrições: Gratuitas, mediante cadastro: https://bit.ly/despertando2023

Transmissão ao vivo: Canal oficial do SUPERA no Youtube – https://www.youtube.com/@metodosupera

Inscreva-se

Nossos colunistas

460 POSTS

Colunas

Artigos populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui