Descobrindo a Magia do Natal pelo Mundo

“As tradições de Natal são únicas em cada local, influenciadas pela cultura, religião e costumes locais. Isso é o que inspira muitas pessoas a viajar, para descobrir novas culturas, culinárias, e visões de mundo, tornando o turismo uma experiência inigualável. Viajar durante esta época é uma janela para entender as nuances dessas celebrações”

Veja como é a celebração em alguns destinos:

Turquia:  Embora a Turquia seja um país de maioria muçulmana, a influência ocidental trouxe símbolos natalinos, especialmente em Istambul. Interessante notar que o Papai Noel, conhecido como São Nicolau, nasceu em Patara, na Turquia moderna, no século IV, e é uma figura reverenciada no país.

Grécia:  Na Grécia, a celebração do Natal é profundamente influenciada pelo cristianismo ortodoxo, que segue o calendário juliano. Isso significa que, tradicionalmente, o Natal é celebrado em 7 de janeiro. Uma tradição grega única é a dos “karavakia”, pequenos barcos decorados exibidos, simbolizando a jornada marítima de São Nicolau, o protetor dos marinheiros. Além disso, no dia de Natal, as famílias se reúnem para um grande almoço, que geralmente inclui pratos como carne de porco e “Christopsomo”, um pão especial de Natal.

Emirados Árabes: Em Dubai, uma cidade cosmopolita, o Natal é celebrado com esplendor e luxo, refletindo sua população diversificada. Apesar de ser um país de maioria muçulmana, cerca de 85% da população de Dubai é composta por expatriados, o que traz uma rica mistura de tradições natalinas de todo o mundo.

Egito: Com aproximadamente 10% de cristãos, principalmente coptas, o Egito celebra o Natal em 7 de janeiro. As tradições incluem jejum antes do Natal e a celebração da Missa da Natividade.

Marrocos: Apesar de ser um país com mais de 99% de muçulmanos, o Natal é observado por uma pequena minoria. As celebrações são geralmente privadas e discretas, refletindo a natureza intimista da sociedade marroquina.

Líbano: Com uma população cristã significativa, cerca de 40%, o Líbano é único no Oriente Médio por sua celebração pública do Natal. É um dos poucos países da região onde o Natal é feriado oficial. A decoração das casas, incluindo presépios, é uma tradição comum.

Jordânia: Embora seja um país majoritariamente muçulmano, a Jordânia tem uma comunidade cristã que celebra o Natal. A tolerância religiosa permite que cristãos e muçulmanos compartilhem algumas tradições festivas.

Israel: A celebração do Hanukah, uma tradição judaica que remonta ao século II a.C., é central durante esta época. A festa das luzes, que dura oito dias, celebra a rededicação do Segundo Templo em Jerusalém. No entanto, para turistas e a minoria cristã, Israel oferece uma experiência natalina rica, especialmente em cidades históricas como Jerusalém, Nazaré e Haifa.

Europa: Em destaque, o Vaticano, coração do catolicismo, onde a Missa do Galo é celebrada pelo Papa. O Vaticano e outras cidades europeias com santuários importantes atraem milhões de turistas durante a época natalina, oferecendo celebrações que misturam tradição, fé e cultura.

Essas tradições refletem não apenas a diversidade cultural, mas também a história e as mudanças sociais ao longo dos séculos. Viajar durante o Natal é uma oportunidade única de vivenciar e apreciar essas ricas tradições, cada uma com sua própria história e significado.

Fonte: Excursy é uma agência de viagens online – https://excursy.net/

Inscreva-se

Nossos colunistas

460 POSTS

Colunas

Artigos populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui