Voz de Vó, peça teatral para mexer com o coração

Uma peça que fala sobre memória, família, relações, afetos, perdas, e, principalmente, amor.

Voz de Vó, com dramaturgia final de Sara Antunes – que assina a direção, com supervisão de Vera Holtz – é uma criação poética que aborda a perda da memória, mas também a fabulação. Um projeto que reúne uma equipe comprometida com a narrativa de uma história repleta de emoção, afetos, humor, amor e descobertas.

Clarisse Derzié Luz interpreta a Vó que está com Alzheimer e vai, com a ajuda de seus netos, em busca das suas memórias perdidas. Essa viagem, num jogo lúdico, leva a plateia a emoções afetivas e muitos desses sentimentos podem remeter a casa de cada um dos expectadores. As crianças criam mundos para as ausências da avó, buscando ressignificar as falhas, dando sentidos e preenchimentos aos buracos vazios, acalorados de fantasia. O tempo não é cronológico. Os atores/músicos Damiam Pinto e Guilherme Calzavara vivem os netos Bento e Tito. Quando crianças são interpretados por cinco atores que se revesam nas apresentações. Antônio de Oliveira (Tito), Benjamim de Oliveira (Bento), Nick Araújo (Bento), Pietro Leite (Tito) e Rodrigo Viegas (Bento).

“Mais do que fazer um espetáculo ,queremos proporcionar uma experiência dentro do sentir da infância a todo público, experimentar o mundo através da brincadeira, da canção, do jogo lúdico. É neste desenrolar da narrativa oral que queremos fazer viver a Voz de Vó“, diz Sara, que também é a idealizadora do projeto.

A direção de arte, assinada por Analu Prestes, costura esses fragmentos como uma linha que aborda o tempo e transforma a memória numa grande colagem recheada de natureza, risos, brincadeiras e muita imaginação. “Contar uma história sobre memórias, infância e uma vó que amava os pássaros e música, nos remete às nossas lembranças mais profundas”,
Demiam Pinto e Guilherme Calzavara que assinam a direção musical, pautaram a construção na sonoridade afetiva, fragmentos sonoros que se unem em um mosaico de lembranças. O som se apresenta pelo afeto. “Dizem que a música é a única coisa que a gente nunca esquece”, diz Demiam.

Wagner Pinto criou o desenho de luz para um ambiente fantasioso, ajudando a contar a saga dessa família.
A produção é assinada pela Gávea Filmes, com vasto currículo de trabalhos no teatro e, também, no audiovisual.
Com estreia e temporada no Teatro do SESI-SP, que completa 60 anos de promoção de grandes obras para os mais diversos públicos, sempre com ingresso gratuito, a peça contará com sessões de quinta e sexta, exclusivas para grupos e escolas, e sábados e domingos para todo o público.

Finalizando, Sara conta que Voz de Vó “é para minha avó, que queria ser atriz e quando teve Alzheimer, lembrava do teatro e pedia para os atores, em conversa com a televisão, esperarem por ela para o ensaio”. 
 
Centro Cultural Fiesp – Teatro do SESI-SP 
Endereço: Av. Paulista, 1313 – Cerqueira César, São Paulo – SP (em frente à estação Trianon-Masp do metrô) 
Temporada: 22 de setembro a 17 de dezembro de 2023 
Sessões: quinta e sexta, 11h e 15h (exclusivas para escolas e grupos), e sábado e domingo, 15h 
Sessões com tradução e interpretação em Libras e Audiodescrição: 29/10, 26/11 e 3/12 
Ingressos: Gratuitos. Reservas antecipadas pelo site: sesisp.org.br/eventos (as reservas abrem todas as segundas-feiras, a partir das 8h, para as apresentações que acontecem na mesma semana) 
Classificação: Livre 
Gênero: Infantil 
 

Inscreva-se

Nossos colunistas

460 POSTS

Colunas

Artigos populares

Pousada Encantos de Socorro se prepara para o Festival de Inverno e Festas de Agosto

A Pousada Encantos de Socorro, localizada na Estância Hidromineral de Socorro,...

Seja jurado internacional de vinho por um dia

Ser jurado internacional de vinhos é uma experiência única...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui