Com a crise, Grécia perde 50 mil turistas por dia

santorini_vila_bandeiraApesar de a ministra do Turismo da Grécia, Elena Kontoura, garantir que os turistas não serão afetados pela crise econômica, os visitantes estrangeiros estão desinteressados com a  Grécia.

Segundo a Associação de Empresas Turísticas Helénicas, há 50 mil cancelamentos diários para visitar a região.  Uma em cinco reservas de hotéis no país é feita em cima da hora, sendo por isso altamente sensível à atualidade nacional.

Na contramão da realidade, a ministra assegura que a rotina diária continua “normal e calma”. Segundo Elena, apesar do controle de capitais nos bancos gregos, os turistas podem usar os seus cartões de débito e crédito sem problemas.

 

Sobre a crise grega

A crise da economia e finanças da Grécia, iniciada em 2010,  é uma crise nacional que se iniciou através da crise da dívida pública da Zona do Euro, com origem 2008.

A situação se agravou quando se descobriu que o governo grego estava a ocultar dados macroeconômicos, entre eles o verdadeiro valor da dívida nacional. Em 23 de abril de 2010 o governo grego viu-se obrigado a pedir empréstimo de € 100 bilhões da União Europeia. Os grandes bancos gregos em 2015 perdoaram a dívida de mutuários mais necessitados.

Inscreva-se

Nossos colunistas

460 POSTS

Colunas

Artigos populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui