Muito velho para aprender um novo idioma?

Marianthi Boutsiavaras*

Constantemente, me deparo com adultos que têm interesse em aprender um novo idioma, mas se questionam se já estão “velhos” para isso. É fato que não existe um período certo para começar aprender algo novo e, dependendo da dedicação, os resultados de assimilação na idade adulta podem ser surpreendentes.

Crianças têm maior facilidade com uma nova língua. Isso faz parte do processo natural de desenvolvimento delas. Neurologicamente falando, a mente dos “pequenos” está aberta para novos estímulos. E quanto mais cedo melhor, porém, a maturidade dos adultos é uma vantagem a ser considerada.

Quando uma pessoa adulta decide estudar um novo idioma, ela já tem em mente os objetivos traçados além de interesse, o que passa a ser uma motivação a mais. Contudo, esse processo pode ser mais trabalhoso, pois, diariamente, demandas profissionais, familiares, serviços da casa, entre outros , dificultam a dedicação necessária ao estudo e prática. No entanto, a tendência é de que o comprometimento e a responsabilidade sejam um ponto a favor do ensino na fase adulta, já que disciplina é essencial.

Não existe mágica para aprender uma nova língua. Independente da idade, a orientação é sempre a mesma: praticar, praticar e praticar. O segredo é a forma como essa rotina pode ser adaptada.

Quando adultos, nem sempre é possível dispor de muito tempo para estudar e realizar atividades que ajudam na absorção do idioma, como acompanhar séries ou filmes em inglês. Uma dica é adaptar o dia a dia de maneira que o idioma possa ser inserido em configurações de e-mails e celulares, por exemplo. Ouvir notícias de outros países ao caminho do trabalho é uma opção para aproveitar o percurso, ainda mais com o fácil acesso à internet. Rápidas leituras de textos no idioma de preferência também ajudam bastante. O mais importante: praticar, nem que seja com o espelho, porque “Practice makes perfect!”.

Minha mãe, hoje com 77 anos, iniciou seus estudos aos 62 tendo aulas num grupo de terceira idade no interior de São Paulo. Hoje, lê livros de páginas e mais páginas em inglês. Um orgulho.

A idade não pode, de maneira alguma, ser um impeditivo para o aprendizado, pelo contrário. É preciso saber usar a sabedoria adquirida ao longo da vida para desenvolver novas habilidades.

*Marianthi Boutsiavaras, diretora do Centro de Idiomas Language Factory

Inscreva-se

Nossos colunistas

459 POSTS

Colunas

Cinco dicas para reter massa muscular durante a menopausa

A menopausa é um período marcado por mudanças hormonais...

Vida sexual na terceira idade ainda gera dúvidas nos homens

A chegada da terceira idade é uma fase repleta...

O que comer para ganhar massa muscular? Especialista esclarece!

Um plano alimentar balanceado, rico em proteínas, carboidratos e...

Artigos populares

Helô Pinheiro e Bruna Lombardi compartilham inspirações para viagens na maturidade

As musas da música e da teledramaturgia marcaram presença...

Empreendedorismo depois dos 60 

Fórum de Turismo 60+ trouxe empresários renomados do setor...

Escondidinho brasileiro é escolhido como o melhor prato assado do mundo

Eleito pela Tastealtas, a receita desbancou a famosa parmegiana...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui