Turismo também é para mulheres que optam por viajar sozinhas

Lugar de mulher é onde ela quiser e se for viajando, melhor ainda! A cada ano, o número de mulheres que têm optado por conhecer novos lugares e destinos de forma independente tem aumentado. E, segundo pesquisa realizada pelo Solo Female Travellers Club, 53% das entrevistadas viajam sozinhas porque querem e não por falta de companhia. Os principais motivos que as levam a essa decisão são: liberdade e flexibilidade (87%); escapar da rotina e das responsabilidades (83%); relaxar e autocuidado (79%); e desafiar a si mesmas (76%).
Com o foco nelas que desejam desbravar o mundo e conhecer novos lugares, a Bancorbrás Turismo oferece pacotes de viagem diferenciados e assistência antes e durante o passeio. “Nós personalizamos os roteiros de acordo com as necessidades das clientes. O nosso objetivo é incentivar que elas explorem os destinos da forma que sonharam e que busquem por novas experiências e aventuras, sozinhas ou não”, afirma Carlos Eduardo Pereira, Diretor Executivo da Bancorbrás Turismo.
Ao programar uma viagem sozinha ou em grupo, as mulheres devem ficar atentas a alguns detalhes, como: pesquisar todas as informações sobre o destino selecionado e escolher a hospedagem correta, optando por quartos individuais, que garantam mais segurança. “Além disso, é importante garantir um bom acesso à internet para contatar amigos e familiares e saber exatamente a localização da estadia e dos percursos que irá realizar durante a viagem”, ressalta Carlos Eduardo. “E claro, tomar as mesmas precauções que já está acostumada na própria cidade”.
Segundo levantamento realizado pela companhia de seguros InsureMyTrip alguns dos destinos mais seguros para as mulheres que estão viajando sozinhas são: Munique (Alemanha), Madri (Espanha), Londres (Inglaterra), Lisboa (Portugal), Barcelona (Espanha), Dubai (Emirados Árabes Unidos), Berlim (Alemanha), Amsterdã (Holanda) e Copenhague (Dinamarca). A empresa avaliou 62 cidades em todo o mundo com base em quatro critérios: segurança, igualdade, turismo e custo.
Não é não
Essa modalidade vem crescendo no mercado e a segurança é de fato o primeiro item que preocupa na hora de montar o roteiro, seja ele nacional ou internacional. Com foco no setor do turismo, os Ministérios do Turismo e das Mulheres assinaram um acordo que visa a proteção à violência de gênero e de combate ao assédio e à importunação sexual, a iniciativa “Brasil Sem Misoginia”. As medidas envolvem o trade turístico, principalmente os segmentos de hotéis, pousadas, bares, restaurantes e casas noturnas.

Além de oferecer roteiros para destinos nacionais e internacionais, a Bancorbrás Turismo também disponibiliza diferentes serviços como: passagens aéreas, traslado do aeroporto para os hotéis, ingressos para atrações locais, passeios turísticos, locação de carro, entre outros.
Para mais informações basta acessar o site ou entrar em contato pelo telefone 3004 9912 (regiões metropolitanas) ou 0800 729 9912 (demais localidades).

 

Crédito foto: Ian Schneider

Inscreva-se

Nossos colunistas

456 POSTS

Colunas

Alerta sobre a importância de adotar uma dieta alimentar saudável

Recomendações da OMS destacam que a população deve consumir...

Vital Card lança seguro para viagens terrestres na América Latina

As viagens rodoviárias ganharam força durante a pandemia e...

Artigos populares

Norwegian Cruise Line lança temporada Europa

A Norwegian Cruise Line (NCL), inovadora em viagens de cruzeiro global...

Forte de São João em Bertioga, terá projeto de acessibilidade.

O Forte São João de Bertioga, que até o século...

De olho na saúde: como identificar problemas urinários nos pets?

Dentre as diferentes afecções que podem acometer os gatos...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui